Entrevista: Alvanista

alvanista

Rede social para gamers permite criar bibliotecas e compartilhar informações sobre o mundo dos games

O mundo está lotado de redes sociais. Enquanto o Facebook domina o meio com mais de 1 bilhão de usuários registrados, há espaço para outras redes se proliferarem. É o caso da Alvanista, a rede social 100% brasileira inteiramente focada em games.

Por meio do site, você pode realizar um cadastro e inserir em uma espécie de biblioteca online quais jogos você teve acesso, gostaria de jogar ou terminou. Além de ser possível inserir notas e pequenas análises dos jogos em questão.

É um ambiente perfeito para trocar informações sobre títulos novos e antigos, além de se conectar com amigos gamers e, porque não, conhecer mais pessoas e compartilhar notícias e fatos sobre o curioso mundo dos jogos eletrônicos.

Poderia por favor se apresentar com seu nome completo, profissão e um breve resumo de sua carreira? 🙂

Bruno Cavalcante (@bfcavalcante), Sócio-diretor da Astux (astux.com.br) e co-fundador da Alvanista (alvanista.com).

Comecei a escrever minhas primeiras linhas de código aos 12 anos, e adorei cada momento. Continuei programando, como hobby, mas só iniciei minha carreira profissional como programador aos 18, e continuei trabalhando como tal até 2011, quando abri a Astux, uma empresa de consultoria em desenvolvimento de software, junto com meus outros sócios. Em 2012, iniciei o projeto da Alvanista, junto com Kim Lima (@kim_lima) e Rodolfo Sikora (@sikora).

De onde veio o nome Alvanista? O que significa?

Boa parte da equipe é fã de RPGs, e resolvemos homenageá-los com o nome do nosso projeto. Alvanista é uma cidade de um jogo chamado Tales of Phantasia, para o Super Nintendo.

Trata-se de um projeto de um homem só ou há uma equipe de desenvolvimento?

Existe uma equipe, não só de desenvolvimento, responsável pela Alvanista. A equipe é formada por: Bruno Cavalcante (alvanista.com/bruno), Kim Lima (alvanista.com/kim), Rodolfo Sikora (alvanista.com/sikora), Thiago Oliveira (alvanista.com/thiago) e Renata Gadelha (alvanista.com/renata).

Como é o critério para publicações populares na timeline geral?

Se o usuário da Alvanista segue menos de 10 pessoas, trazemos as postagens populares junto com as as postagens que normalmente viriam na sua timeline. Fazemos isso para mostrar ao usuário tudo que a rede tem a oferecer, principalmente quando ele passa a seguir mais jogadores. Essas postagens populares são escolhidas automaticamente, através de um algoritmo que é executado várias vezes por dia, desenvolvido pela nossa equipe.

Qual a ideia da rede social? Para que tipo de usuário ela foi criada?

A ideia é ter um canal onde as pessoas podem expressar suas “personas” gamers. É ter aquele lugar onde você pode, por exemplo, entrar e postar aquela música de Chrono Trigger que você tanto ama, mas não se sente a vontade de fazê-lo em outros canais. Lá, procuramos criar um espaço onde as pessoas são amigáveis a seguir “desconhecidos”, então, com o tempo, a tendência é que sua rede de seguindo/seguidores da Alvanista seja um mundo à parte dos seus contatos em serviços como Twitter e Facebook. Só que, na Alvanista, tudo é relacionado diretamente à jogos eletrônicos.

Ela foi criada para todos os usuários que gostariam de publicar e/ou receber conteúdo relacionado à games. Se você é daqueles que se arrepia quando escuta a trilha sonora dos seus jogos favoritos, fica super empolgado com os trailers da E3, lembra com carinho das madrugadas jogando os clássicos de SNES/Mega Drive, você é o nosso tipo de usuário: na Alvanista você poderá compartilhar e participar de discussões sobre tudo isso, e você estará entre irmãos.

E vocês pretendem transformá-la em algum modelo de negócio para arrecadar dinheiro?

Definitivamente temos um plano de negócios, que foi criado antes mesmo de colocar a Alvanista no ar. Parte deste plano consistia na avaliação da comunidade no primeiro ano de existência, onde suportamos todos os custos operacionais envolvidos.

Nosso plano é bem orientado a métricas. Monitoramos e controlamos todos nossos números. Sabemos, por exemplo, o impacto que as novas páginas de usuários e jogos causaram na rede, medimos a concentração de usuários por plataformas e seus jogos de interesse.

Após quase um ano de coleta de dados e botando nossos modelos à prova, começamos a fase de monetização do nosso plano há alguns meses e o fruto disto deve aparecer em algumas semanas.

Só é possível se registrar caso o usuário tenha conta no Twitter ou Facebook?

Sim. Fazemos isso para que possamos sugerir pessoas que você já conhece que já estão na Alvanista. No começo, permitíamos também o cadastro sem o vínculo a esses serviços. O que observamos foi que esses usuários ficavam solitários, e acabavam por nos abandonar prematuramente. Não queremos pessoas solitárias e tristes por lá, por isso queremos sempre indicar ao usuário quando algum contato dele de outra rede está fazendo parte da Alvanista.

Como aproveitar da melhor forma o máximo que a rede social tem a oferecer?

Sem dúvidas, a primeira ação deve ser seguir várias pessoas diferentes. Se você não curtiu o tipo de postagens que elas fazem, basta parar de seguir e procurar outras. Outra coisa legal que temos é a possibilidade de seguir os próprios jogos: nesse caso, você receberá na sua timeline tudo que for postado sobre o jogo em questão. Bem interessante, principalmente para acompanhar o que é falado (e participar das discussões) sobre os seus jogos favoritos, ou os jogos que você está pensando em adquirir.

Vocês pretendem adicionar novas funções na rede no futuro? Quais tipos de recursos seriam esses?

Sim, temos adicionado novas funcionalidades, sem parar, desde que iniciamos a Alvanista, e em 2013 não será diferente. Vamos focar nossos esforços em trazer a Alvanista para o mobile, e melhorar a integração com os serviços de sincronia de troféus (PSN, Live, Steam, World of Warcraft). Também esperamos agregar novos serviços à rede em 2013. Torcemos para que a Nintendo libere algo, ou a Blizzard. Assim que eles o fizerem, podem ter certeza que a Alvanista irá se integrar com eles, também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s